//
you're reading...
Entrevistas, Eusébio, Racismo

Eusébio, Sporting e pseudo-jornalismo..

Numa altura em que o racismo e as alegadas declarações racistas de Javi Garcia, ainda estão na ordem do dia, surge neste fim-de-semana uma entrevista de Eusébio, antiga estrela do SL Benfica e da Selecção Nacional, à revista Única do jornal Expresso que muita polémica está a dar.

Não propriamente pelo conteúdo em si da entrevista, mas pelo tratamento e destaque dado à mesma, quer pela própria revista Única, quer pelo jornal Correio da Manhã, em exercícios de puro lixo jornalístico. Adulteração dos factos de forma vergonhosa e descarada.

EXPRESSO – REVISTA ÚNICA

Em primeiro lugar começando pela revista responsável pela entrevista, podemos observar uma capa que desde logo destaca uma afirmação de Eusébio:

“Não gosto do Sporting. No meu bairro era o clube da élite, da polícia e dos racistas”

Quem olha para esta capa e vê esta afirmação pode de imediato interpretar de forma errónea, ou seja, não se aperceber a qual “Sporting” é que o Eusébio se refere. No entanto, consultando a entrevista no interior da revista, constata-se que o Sporting “racista, da élite e da polícia” é o Sporting de.. Lourenço Marques!

Exactamente. Eusébio refere-se ao Sporting de Lourenço Marques, clube da capital de Moçambique e não de maneira alguma ao Sporting Clube de Portugal. Aliás, seria impossível, pois nessa parte da entrevista Eusébio descreve a sua juventude passada precisamente em Lourenço Marques. Nem tal facto, impediu-o de ir treinar ao respctivo clube, mas isso é outra história.

Mas veja-se lá a forma como é apresentado este excerto da entrevista em primeira página.

Pode o director da revista defender-se e alegar que limitou-se a citar uma afirmação do Pantera Negra, no entanto, é evidente a forma como descontextualizada esta declaração provoca a polémica e pode ser alvo de interpretações erradas.

CORREIO DA MANHÃ

Já o Correio da Manhã foi mais longe e deu-se ao “luxo” de relacionar as declarações e as acusações de Eusébio ao Sporting de Lourenço Marques com o Sporting Clube de Portugal, o “clube de Alvalade”.

Com o título:

Eusébio diz que Sporting era “clube dos racistas”

«Não gosto do Sporting. No meu bairro, era um clube de elite, da polícia, que não gostava das pessoas de cor, era racista”. É desta forma taxativa que Eusébio descreve a visão que tem do clube de Alvalade

Seguem-se depois alguns excertos da entrevista publicada, demonstrando que efectivamente esta foi lida.

Eusébio diz que Sporting era “clube dos racistas” (Correio da Manhã)

Consultando-se quer os comentários a esta notícia no Correio da Manhã, quer os comentários que proliferam pela internet em diversos blogs e fóruns, percebe-se a dimensão que este exercício de pseudo-jornalismo causou.

Descontextualização, adulteração dos factos e a mentira, “servidos” com toda naturalidade por um dos diários com maior tiragem do país e pelo semanário de maior dimensão. Tudo normal, no “jornalismo” português.

Discussion

2 thoughts on “Eusébio, Sporting e pseudo-jornalismo..

  1. pena que se acreditem em mentiras

    no bairro da mafalala não havia policias, quanto ao racismo existente no sporting de lourenço marques este menino que mal sabe falar devia ter mais consideração pelo clube,pois foi o benfica de lm que não o quis deixar jogar lá

    Posted by antonio ncimento | 21 de November de 2011, 0:14
  2. ESSE MENINO DEVIA ERA TER VERGONHA,E QUANDO ABRE A BOCA DE VIA PENSAR NO QUE DIZ.

    Posted by antonio ncimento | 21 de November de 2011, 0:17

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: