//
you're reading...
Transferências

Coentrão e Garay: os contornos do “duplo” negócio entre Madrid e Lisboa

Nota: esta notícia foi actualizada em função da obtenção de novos elementos.

Coentrão, negócio “à Falcao” ou “à.. milhafre”?..

Durante o defeso tivemos uma “troca” de jogadores entre o Real Madrid e o SL Benfica. Fábio Coentrão rumou a Madrid, enquanto Garay saiu da capital espanhola em direcção à Luz.

Tendo como partida a compra de Fábio Coentrão pela equipa de Mourinho, inicialmente falava-se na Comunicação Social de ambos os países de um negócio entre o Real Madrid e o Benfica, envolvendo não só uma quantia em € mas também um jogador. Mais tarde, surge o valor oficial da venda de Coentrão por 30M € e algumas semanas depois o valor oficioso da compra pelo Benfica de Garay por 5.5M € por metade do passe. Negócios comunicados em separado, embora houvesse a suspeita (mais do que isso) que tudo não passaria de uma espécie de “marosca” para contornar as vicissitudes de fundos e afins.

Hoje Florentino Perez, presidente do Real Madrid, confessa em reunião privada aos seus consócios que afinal o Garay foi avaliado e vendido por 12.5M € e que naturalmente fez parte do negócio Fábio Coentrão.

Mas comecemos pelo inicio.

GARAY

O defesa central argentino Garay, tem 24 anos (a 3 semanas de fazer 25) e foi contratado pelo Real Madrid ao Racing Santander por 10M € em 2008 quando tinha 21 anos e era considerado um jogador com potencial para a posição. Nos 3 anos seguintes, Garay para além de não evoluir como era prevísivel, defraudou e não correspondeu minimamente às expectativas. Ao serviço do Real Madrid fez apenas 25 jogos em 2 temporadas e em 2008/09 foi mesmo emprestado uma época ao Racing Santander ao qual tinha sido contratado.

Durante a pré-época de 2010/11 e durante as negociações por Di Maria, o nome Garay foi adiantado como possibilidade de ser incluído na transferência do extremo argentino da Luz para Madrid. Já nessa altura o Real procurava despachar o jogador e tentava-o incluir no negócio com o Benfica de forma a baixar o valor dos 40M € da clásula de rescisão. Na altura, o clube português não aceitou Garay como parte do negócio e a venda de Di Maria fez-se por 25M € + 11M € de objectivos.

Na época 2010/11 Garay ao serviço do Real Madrid praticamente não jogou. Como José Mourinho frisou na altura da sua saída este argentino era a 5ª opção para a posição de defesa central e não apresentava qualidades para vir a ser uma aposta no futuro. Nessa altura totalizava apenas 3 internacionalizações ao serviço da sua selecção. Ainda antes Godinho Lopes apresentava Garay como trunfo da sua campanha eleitoral. Um trunfo que não despertou grande interesse nos sportinguistas nem afligiu os benfiquistas.

Garay: trunfo de Godinho Lopes (Expresso)

FÁBIO COENTRÃO

Entretanto a época 2010/11 aproxima-se do fim e agudiza-se o interesse de Real Madrid e em particular de José Mourinho em Fábio Coentrão. O lateral-esquerdo português é então protagonista de afirmações hilariantes, nomeadamente em entrevista ao Jornal AS:

“Sou do Real Madrid desde pequeno”

Entrevista de Fábio Coentrão ao AS via Relvado

Curiosamente o Benfica tinha acabado de negar à CMVM estar a negociar Fábio Coentrão com o Real Madrid e mesmo desconhecer qualquer interesse no jogador. Tudo mentira, obviamente mas irrelevante para o caso.

Comunicado do SL Benfica sobre Fábio Coentrão

GARAY + FÁBIO COENTRÃO

Por essa altura toda a Comunicação Social fala na inclusão de Garay no negócio Coentrão. Para surpresa ou talvez não, na convocatória da Selecção Argentina da Copa America, 6 semanas antes da venda oficial de Garay o jogador consta no site oficial da Associação de Futebol Argentina como jogador do SL Benfica. Quem deu essa informação? Que ligações existem entre o Benfica e a Selecção Argentina?

Finalmente, a 5 de Julho de 2011 o Benfica emite comunicado à CMVM anunciando a venda de Fábio Coentrão ao Real Madrid por 30M €. Um negócio que colocou em delírio os benfiquistas e a Comunicação Social portuguesa e que levantou algumas suspeitas em Espanha, da parte dos adeptos madridistas. Muitas e muitas vozes questionaram o valor da compra, e Jorge Mendes foi referido com desdém como o novo “director-desportivo” do Real Madrid.

Em Portugal saltou à vista a capa do jornal A’ Bola: «Coentrão a preço de Falcao» aludindo à clásula do colombiano de 30M €. Mais tarde o jogador do FC Porto foi vendido por 40M € + 7M € de objectivos mas isso é outra história.

A 16 de Julho Garay é anunciado como jogador do Benfica. Estranhamente não surge um comunicado à CMVM mas toda a imprensa fala em 5.5M € por 50% do passe.

De relembrar já agora, que o Benfica detinha apenas 80% do passe de Fábio Coentrão. Uma venda por 30M € significou a transferência de 6M € para o fundo de jogadores. Um fundo fechado e com muitos interesses envolvidos.

Quem beneficiou destes 6M €?

Por que razão o negócio não foi feito por 20M € + Garay ou 25M € + 50% de Garay?

Dois meses depois temos então a notícia de que Florentino Perez em reunião com 300 sócios do clube merengue e perante a contestação aos valores envolvidos na compra de Fábio Coentrão, um jogador pouco mais que vulgar e que não faz a diferença numa equipa deste nível, afirmou ter o jogador Garay sido vendido por 12.5M € e parte integrante do negócio do lateral-esquerdo português.

Florentino Perez diz que Garay foi vendido por 12.5M € (A Bola)

Ou seja, segundo o presidente do Real Madrid Fábio Coentrão não foi vendido por 30M €, mas sim por 17.5M € + o jogador Garay. Jogador diga-se que dada a “progressão” que foi tendo na carreira estaria realmente avaliado em aproximadamente 4/5M €.

Se pensarmos ainda que o Benfica só tinha os tais 80% do passe (recebeu antes 3M €) o clube português com esta venda encaixou 11.5M € mais o central argentino.

Ao final da noite o Benfica emite então um comunicado que desmente Florentino Perez, confirmando os 5.5M €, tendo o Real Madrid direito a 50% numa futura venda. Tendo em conta as contradições é legítimo questionar?

Estará o presidente do Real Madrid a mentir aos sócios ou não sabe a quantas anda o seu clube?

Será que é o Benfica que à semelhança de outras ocasiões volta a mentir à CMVM?

Ou será que a venda foi mesma feita pelos 5.5M, com um acordo feito para que seja vendido por 14/15M a médio prazo de modo a colmatar a diferença que ainda não foi recebida pelo Real?..

Aguardam-se as cenas dos próximos capítulos.

Discussion

No comments yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: